Notícias

Idosos prometem fazer bonito no “Arraiá da Alegria” de Tocantinópolis

Há pouco mais de um mês para o início do maior e melhor festival de quadrilhas do Tocantins, os idosos seguem firmes ensaiando, para fazer bonito no 29º Arraiá da Alegria de Tocantinópolis. Este ano, a exemplo dos anteriores, o grupo da terceira idade promete trazer novidades para o público.

Alegria, perseverança e muita determinação animam os ensaios da Quadrilha da Melhor Idade. Organizada pela Prefeitura e Secretaria Municipal de Assistência Social, a junina além de oferecer aos idosos uma atividade física e terapêutica, proporciona o bem-estar físico e psicológico dos praticantes. Sendo assim, 24 pares se preparam para apresentar na arena do Quadrilhódromo.

De acordo com o instrutor de dança Ulisses Guimarães, a equipe organizadora pretende trazer novidades para vigésima nona edição do festival de quadrilhas. “Estou muito feliz pelo convite feito pela Secretaria de Assistência Social, e minha expectativa diante desse desafio é muito boa. Além de muita alegria, estamos reservando para o público grandes novidades”, disse.

Há uma semana de ensaios, os encontros estão sendo considerados bons e bastante produtivos. “É muito gratificante trabalhar com os idosos. Estou animado, pois em apenas uma semana já conseguimos fechar metade dos ensaios. A junina da Melhor Idade sempre me chamou a atenção, e desde então, nunca perdi uma apresentação, e este ano será um desafio muito grande para mim, pois pela primeira vez irei estar à frente dessa quadrilha maravilhosa, só que é um desafio que será alcançado com a graça de Deus, e apoio de toda equipe da Secretaria de Assistência Social”, ressaltou Ulisses.

Solimar Fernandes de Sousa, 66 anos, que há pelo menos 8 anos participa das atividades voltadas para a pessoa idosa, ressalta a importância da Quadrilha da Melhor Idade. “Pensávamos que pelo fato de não termos o professor Wellington, e por não conhecer o Ulisses, não iria dar certo, mas sinceramente, todos estão de parabéns, nota dez, muito bom mesmo. Os ensaios estão dando certo e os planos do nosso atual professor também”,enfatizou.

Tudo nos mínimos detalhes para sair tudo perfeito, é assim que está sendo organizada a Quadrilha da Melhor Idade. “Os nossos ensaios da quadrilha estão sendo ótimos. É muito bom dançar. Eu me sinto mais jovem e mais alegre. Vai ser uma quadrilha muito bonita, pois estamos ensaiando bastante. Espero que a Quadrilha da Melhor Idade jamais acabe, porque é nossa festividade e é um prazer fazermos parte dela”, afirmou.

Fonte/Foto: Dirceu Leno | Ascom Prefeitura

Reunião do Campeonato Municipal de Futsal acontece dia 8

A Prefeitura de Tocantinópolis, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer convoca todos os dirigentes dos times que irão participar do Campeonato Municipal de Futsal, para participarem de uma reunião na próxima segunda-feira (8), às 19h, no rol do salão de eventos da respectiva Secretaria.

Na oportunidade, serão discutidos assuntos concernentes ao Projeto Futsal Campeão: “Um grito a favor da Vida”, elucidando eventuais dúvidas relativas às regras, premiações e material esportivo. Somado com o valor posto pela Prefeitura e a taxa de inscrições das equipes, a premiação chegará a R$ 10 mil reais.

Inscrições

Os interessados em participar do Campeonato Municipal de Futsal devem fazer suas inscrições até dia 15 de maio, na Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer, das 8h às 12h e das 14h às 17h, ou durante a abertura do certame. O campeonato tem previsão de início para o dia 22 de maio. As fichas de inscrições estão disponíveis aqui.

Abertura

Para esta edição, a pasta esportiva trabalhará de forma aberta, realizando dia 15 de maio, às 18h, na Praça Maria Joaquina (Vila Valdenor), a abertura e lançamento oficial do projeto, onde contará com a presença de autoridades locais e do presidente da Confederação de Futsal. O regulamento com todas as informações pode ser acessado clicando aqui.

Durante o ensejo, o palestrante Israel de Freitas Silva ministrará palestra motivacional com o tema: Mentes Campeã. A temática associará a inclusão de atividades esportivas e alternativas contra o sedentarismo, vícios e drogas.

De acordo com o secretário Edilson Vieira, a Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer, com apoio e respaldo da Prefeitura, tem pesquisado, orientado, e apoiado o desenvolvimento da educação física e dos esportes amadores no município, visando à expansão do potencial existente na cidade.

“A pasta administra as quadras de esporte construídas e revitalizadas e demais unidades integrantes de sua estrutura, bem como analisa as necessidades do município no campo esportivo, de recreação e lazer, propondo medidas que visam à implantação das suas atividades, promovendo programas cívico-esportivos de interesse geral da cidade com objetivo de atender as necessidades de nossos esportistas”, enfatizou.

O prefeito Paulo Gomes (PSD), ressalta que a atual administração visa propiciar às crianças, aos jovens e adolescentes a evolução da consciência, pelo prazer pela prática esportiva, para que possam adquirir cultura de lazer esportivo, numa perspectiva que compreenda o ser humano, como um ser social ativo. “Queremos sensibilizar as famílias, os jovens de modo geral, mas em especial a sociedade sobre a evolução da consciência no que diz respeito à problemática do consumo de álcool e demais drogas, pois estando esses jovens interligados à prática esportiva, com certeza a problemática do alto índice de consumo de drogas em nosso município tende a diminuir”, pontou.

Fonte: Dirceu Leno | Ascom Prefeitura

Proprietários de terrenos sujos estão sujeitos a multas de até R$ 10 mil

Com a proposta de intensificar as ações de prevenção e combate ao Aedes aegypti, a Prefeitura de Tocantinópolis está alertando a população sobre a importância de manter os terrenos baldios, lotes e os quintais das residências limpos. Quem desrespeitar a normativa estará sujeito a aplicação de multas que variam de R$ 200 a R$ 10 mil.

Para que haja maior intensificação, os fiscais municipais estão reforçando as ações de notificação e autuação dos proprietários que estão com terrenos sujos. Agentes de saúde e de endemias também realizam periodicamente vistorias nas residências a fim de coibir a proliferação dos agravos provenientes do mosquito da dengue.

A Coordenação de Fiscalização enfatiza que os proprietários de terrenos baldios e residências são responsáveis pelo cuidado com os bens imóveis, sendo essa responsabilidade apregoada no código de postura do município, e para reforçar esses cuidados, desde de abril de 2016 está em vigor a Lei nº 980, que estabelece aplicação de multas aos possuidores ou responsáveis a qualquer título imóvel em situação de agravo à saúde pública.

Multas

Com base nesse preceito, as sanções para as pessoas que deixarem os terrenos chegar a um estado de risco, serão adotados parâmetros na fixação de multas consoante aos graus de relevância das situações causadoras de proliferação do mosquito transmissor da dengue.

Os agentes que em visita a domicilio ou estabelecimento público, privado ou misto, que identificar algum foco ou local propício à instalação de criadouros de vetores, poderá advertir o responsável e/ou aplicar multa mediante termo de notificação de infração. As multas variam entre grau leve: de R$ 200 a R$ 1 mil; grau médio: de R$ 1 mil a R$ 2 mil; grau alto: de R$ 2 mil a R$ 10 mil reais.

Previamente à aplicação das multas estabelecidas, o infrator será advertido, mediante autuação espedida por agente de saúde e/ou agente de combate a endemias, para regularizar a situação no prazo de até 10 (dez) dias, findo o qual estará sujeito à imposição de multa. Caso haja reincidência, o valor aplicado será aumentado em até 100% sobre o fixado anteriormente.

Imóveis fechados

De acordo com normativa, fica autorizado aos agentes de endemias envolvidos no combate à epidemia de dengue, a adentrarem nos imóveis que se encontrem fechados, os quais forem visitados reiteradamente, cujo morador sempre ausente, os agentes deverão romper obstáculos, havendo necessidade do uso da força, o ato deverá ser acompanhado por um técnico habilitado, em abertura de portas, devendo o município recolocar as fechaduras ou cadeados quando necessário.

A Lei apregoa ainda a autorização nos imóveis, residências ou não, cujos moradores ou inquilinos se recusem a permitir o acesso, bem como nos lotes e áreas do município, que se encontrem em construção ou não, inacabados ou fechados, em estado de abandono e não habitados, com a faculdade de romperem obstáculos se necessário.

Constatada a dificuldade de entrar nos imóveis fechados ou em estado de abandono, ou ainda, de estatuir contato com os proprietários, será estabelecido comunicado ao setor responsável municipal para o cumprimento das devidas providências, sendo requisitado, se necessário, o acompanhamento da Polícia Militar.

Fonte: Dirceu Leno| Ascom Prefeitura

3ª Rodada do Campeonato Rural acontece neste final de semana

Neste final de semana acontece a 3ª rodada do Campeonato Rural de Tocantinópolis. As partidas acontecerão no sábado (6) e domingo (7), nos campos de futebol dos Povoados Pedro Isaías, Folho Grassa e Olho D’água de Cima, às 16h, respectivamente.

Na segunda rodada, ocorrida no último final de semana, as equipes Cruzeiro e Aldeia São José ficou apenas no empate de 1 a 1. O confronto aconteceu no Povoado Ribeirãozinho.

Continuando os jogos do sábado (29), a Portuguesa recebeu no Olho D’água de Cima, a equipe do Rio Mar. O confronto saiu em 2 a 1 para os donos da casa. No domingo (30), o Karibe perdeu novamente diante de sua torcida. O Rio Verde conseguiu emplacar 3 a 1 no time da Folha Grossa.

Finalizando os jogos pelo Grupo B, o Novo Horizonte aplicou uma goleada de 6 a 1, no time da Rodagem.

Nesta terceira rodada os confrontos do sábado (3), do Grupo A serão entre: Rio Mar x Aldeia Mariazinha, no Povoado Pedro Isaías, e Karibe x Cruzeiro, no Povoado Folha Grossa.

No domingo (7), jogando pelo Grupo B terá os seguintes jogos: Novo Horizonte x Portuguesa, no Povoado Pedro Isaías, e Aldeia São José x São Raimundo, no Povoado Olho D’água de Cima. As partidas terão início às 16h.

Fonte: Dirceu Leno | Ascom Prefeitura

Audiência Pública discute criação da Universidade Federal do Norte do Tocantins

Acadêmicos, professores, técnicos administrativos, representantes públicos e comunidade civil organizada, estiveram reunidos em Audiência Pública realizada na noite da última sexta-feira (28), no auditório do Câmpus Universitário da UFT de Tocantinópolis, para discutir com a deputada federal e relatora do Projeto de Lei nº 5.274/16, Josi Nunes (PMDB), os benefícios e o trâmite do processo de criação da Universidade Federal do Norte do Tocantins.

A audiência teve por objetivo, debater o PL 5.274/16 que cria a UFNT, por desmembramento de campus da Universidade Federal do Tocantins, bem como divulgar e defender publicamente a Universidade Federal do Norte do Tocantins junto à comunidade tocantinopolina e região, com afinco de criar discussões/sugestões contributivas para o relatório final da relatora do PL na Comissão de Educação.

Agilidade

Agilidade e continuação do texto original do projeto de criação da nova universidade federal no Estado, foi pedido unânime de todos os presentes na audiência. Vale destacar que, o projeto já teve aprovação na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, e está em tramitação na de Educação, no entanto, ainda falta passar pelas Comissões de Constituição e Justiça, e Tributação e Finanças. Após passar por todas essas comissões, é que o PL seguirá para sanção do presidente da república.

A deputada Josi Nunes garantiu que vai apresentar seu relatório na Comissão o mais rápido possível. “Vamos trabalhar para pautar a matéria o mais rápido possível para que a gente possa analisá-la na Comissão de Educação, para que assim possa passar nas demais outras comissões”, disse. A parlamentar afirmou ainda que obteve o compromisso dos presidentes das comissões seguintes, de que também vão agilizar a matéria na Câmara Federal.

A diretora do Campus da UFT de Tocantinópolis, Profª. Drª. Francisca Rodrigues disse que todo o esforço pela criação da UFNT é devido a imensa necessidade da população que compreende as cidades de Tocantinópolis e Araguaína, em cursar um curso superior.

“Mesmo as instituições federais existentes na região oferecendo cursos, podemos verificar a quantidade de pessoas que ainda ficam de fora da oportunidade de cursar um ensino superior público e de qualidade. Sabemos que existem outros campus que oferecem cursos superiores na região, mas não é de universidade federal, e nem com as exigências e a qualidade necessária para formarmos profissionais e disseminarmos conhecimento necessário para o desenvolvimento da nossa região”, ressaltou.

O secretário de Administração, Finanças e Meio Ambiente, Delvani Souza, que no ato representou o prefeito, Paulo Gomes, relembrou a militância dos universitários de Tocantinópolis na busca de direitos não só para a classe acadêmica, mas para toda a comunidade.

“No início da década passada essa mesma luta fora travada com o objetivo de criar a UFT. Foi uma luta árdua em todo o Estado e graças a todo esse esforço a UFT foi criada, e hoje, quase 20 anos depois, estamos aqui novamente com o objetivo de criar a UFNT, compreendendo essa região que sempre foi abandonada e deixada de lado desde tempos remotos. Sabemos que o sucesso da criação da UFNT são inúmeros benefícios não só para a região do Bico do Papagaio, mas para os Estados vizinhos, no qual compreende mais de 60 municípios da região, e no que depender da Prefeitura, estaremos prontos a apoiar e ajudar para que esse projeto venha a ser concretizado, destacou.

UNFT pode ser barrada

Um dos pontos mais discutidos e rejeitado durante a audiência foi a emenda apresentada pela deputada federal Professora Dorinha Seabra (DEM), para a inclusão de outras quatro cidades no projeto que cria a UFNT. São elas: Xambioá, Colinas, Filadélfia e Guaraí.

Vale lembrar que, no início, a parlamentar foi contra o projeto de criação da UNFT, e agora justifica a proposta de emenda afirmando que a implantação dos campi também nos novos municípios “promoverá o acesso da população ao ensino superior, especialmente, os estudantes de baixa renda, o que contribuirá para inclusão social e democratização do ensino".

Na proposta inicial, a UFNT seria criada apenas com o desmembramento dos Câmpus da UFT de Tocantinópolis e Araguaína, por já possuírem prédios e corpo administrativo prontos, ao contrário das outras cidades incluídas na emenda que necessitaria de novos funcionários e novas construções prediais. Com a inclusão dessas cidades, o projeto de criação da UFNT ficaria inviável, pois seria necessários novos estudos socioeconômicos, bem como acresceria no aumento de subsídios, não registrados no projeto, para a instalação dos outros campi.

Por este motivo, a maioria dos presentes na audiência foram contra a inclusão dos outros campi no relatório de Josi Nunes, na Comissão de Educação. O argumento é que a proposta de criação da UNFT possa ser barrada na Comissão de Finanças e Tributação por causa do orçamento, no qual aumentaria consideravelmente, e inviabilizando o projeto da nova universidade.

A relatora do projeto garantiu que irá acolher a opinião da maioria do Campus de Tocantinópolis, e também de Araguaína para apresentar seu relatório final referente ao PL nº 5.274/16, que cria a Universidade Federal do Norte do Tocantins.

Fonte/Fotos: Dirceu Leno / Ascom Prefeitura

Portuguesa e Aldeia Mariazinha anotam seis gols na primeira rodada do Rural

A Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer realizou no último final de semana, a 1ª rodada do Campeonato Rural de Tocantinópolis. As partidas mostram que o futebol no município é predominante, exemplo disso, é o grande público registrado nas partidas que marcaram o início do certame. A Prefeitura tem cumprido a sua parte apoiando e incentivando o esporte em Tocantinópolis.

O Campeonato Rural está dividido em dois Grupos, A e B, e conta com 10 equipes participantes. Nesta primeira rodada, realizada nos campos dos Povoados Passarinho, Pedro Bento e Olho D’água de Baixo, um total de 20 gols foram anotados.

No sábado (22), jogando pelo Grupo A, o São Raimundo recebeu em casa o Karibe, time do Povoado Folha Grossa. No confronto, a equipe do Passarinho goleou por 4 a 1, a equipe visitante. Pelo Grupo B, confrontaram Aldeia Mariazinha e Novo Horizonte. O time dos Apinajés aplicou goleada de 6 a 0 em cima da equipe do Pedro Isaías.

Confrontando no terceiro jogo, domingo (23), Rio Verde recebeu em casa, o Novo Horizonte. Com placar magro, durante os noventa minutos, foram marcados apenas 2 gols, um para cada equipe.

Rodagem e Portuguesa encerram os jogos da primeira rodada. No quarto jogo, também não foi diferente, houve goleada. A Rodagem amargou derrota de 6 a 1, diante da Portuguesa.

Na segunda rodada, Cruzeiro enfrenta a Aldeia São José, no Ribeirãozinho. Portuguesa receberá o Rio Verde, no Olho D’água de Cima. As partidas acontecerão simultaneamente no sábado (29), a partir das 16h.

No domingo (30), Karibe confronta o Rio Verde, no campo do Povoado Folha Grossa. O Novo Horizonte recebe em casa a equipe da Rodagem. Ambas as partidas acontecem às 16h.

Fonte/Foto: Dirceu Leno | Ascom Prefeitura

13 de maio será o Dia D da Campanha de Vacinação contra a Gripe

Com a chegada do outono, a mudança climática, que oscila entre o tempo seco do verão e nevoeiros do inverno, as preocupações com doenças que comprometem o aparelho respiratório, como gripe e pneumonia aumentam. Para prevenir essas enfermidades, a Prefeitura tem intensificado desde o dia 17 de abril, a Campanha de Vacinação contra a Gripe. O dia de mobilização nacional acontece dia 13, e a campanha seguirá até 26 de maio.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a 19ª Campanha de Vacinação contra a Gripe no município de Tocantinópolis, iniciou com uma breve capacitação para todos os profissionais que irão participar da ação. “No momento, estamos desenvolvendo várias atividades como a busca ativa feita pelos agentes de saúde, ao público alvo, encaminhando estes pacientes para as salas de vacinas de seus respectivos postos de saúde”, ressaltou a Coordenadora de Imunização, Francinete Silva.

Francinete enfatiza ainda que a vacina contra a gripe está disponível nas Unidades de Saúde da Família, e que no sábado (13), será realizado o dia ‘D’ de mobilização e, na data, todas as unidades estarão aplicando a vacina das 8h às 17h.

Grupos prioritários

Até o fim da campanha, que encerra em 26 de maio, a SMS pretende atingir 90% do público alvo. A recomendação do Ministério é que deverão ser imunizados os que estiverem nos grupos mais vulneráveis, como as grávidas em qualquer período gestacional, crianças com idade entre seis meses e menores de 5 anos, trabalhadores de saúde das áreas pública e privada, pessoas com mais de 60 anos, povos indígenas aldeados, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas e detentos, além de funcionários do sistema penitenciário.

A novidade da campanha é a inclusão da vacinação dos professores, tanto da rede pública e privada, dos níveis fundamental, médio e superior. Também deverão ser vacinadas as mulheres que tiveram bebês até 45 dias, e os que possuem doenças crônicas respiratórias, do coração e com baixa imunidade, desde que comprovadas por laudo médico. A vacina evita algumas complicações causadas pelo vírus influenza, como pneumonia e doenças cardíacas.

Contraindicações

A Secretaria Municipal de Saúde lembra que apesar da vacina ser de suma importância para prevenir a gripe, algumas pessoas precisam ficar atentas porque há contraindicações. Indivíduos com histórico de reação alérgica grave a proteína do ovo, crianças menores de seis meses e quem está com doenças febris agudas não devem receber a vacina. Outra recomendação importante é que as pessoas que tomaram vacina no ano passado, devem repetir o esquema esse ano, pois a ação da vacina contra a gripe dura cerca de nove meses.

Fonte: Dirceu Leno | Ascom Prefeitura com informações do MS

Enduro de Tocantinópolis acontece nos dias 6 e 7 de maio

Tocantinópolis sediará nos dias 6 e 7 de maio mais uma edição do Enduro Trilha do Babaçu. Os apaixonados por trilha que se preparem, pois irão vivenciar momentos de ação, aventura e muita adrenalina. O evento que tradicionalmente abre o calendário das competições radicais do município, é considerado como um dos maiores da região por reunir diversas modalidades, como motos, quadriciclos e UTVs.

A exemplo dos anos anteriores, a Prefeitura e Câmara Municipal de Tocantinópolis apoiam a ação, em função da importância do evento para a cidade. “Este é um grande evento que com certeza o município não poderia deixar de apoiar. Tocantinópolis precisa estimular os eventos que possuem forte poder de captação de fluxo, que além de agregar a prática de esportes radicais, o evento reúne centenas de pessoas com objetivo de diversão e muita ação”, destacou o prefeito Paulo Gomes.

Segundo os organizadores, está sendo ultimados os últimos preparos para que o evento saia dentro das expectativas. A modalidade requer dos pilotos bastante precisão em todo o percurso. Espera-se a participação de dezenas de competidores de Tocantinópolis e de toda região.

Programação

Sábado dia 6: às 16h show de manobras radicais no Carequinha Lanches, e a partir das 21h, festa dos endureiros com a maior estrutura automotiva do planeta, FMonster Cachorrona Mega Truck.

Domingo dia 7: às 8h tem café da manhã, e saída para a trilha no Posto Petronorte. Às 14h, chegada dos trilheiros na Beira Rio, com vários carros interligados via rádio.

Fonte/Foto: Dirceu Leno | Ascom Prefeitura

Prefeitura realiza Forró da Terceira Idade nesta sexta-feira (28)

A prática de atividades físicas e de lazer aliadas ao processo envelhecimento, proporciona aos idosos, benefícios que efetivam a qualidade de vida e no melhoramento dos aspectos físico, social e cognitivo.

É com esse objetivo que a Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social convida todos os idosos para participarem nesta sexta-feira (28), às 17h30, nos Pioneiros Mirins, do Forró da Terceira Idade. Haverá ônibus

A ação que integra o Projeto Dança Terapia, além de promover atividades físicas e de lazer com caráter lúdico, proporciona, sobretudo, qualidade de vida, tirando os idosos da ociosidade e integrando-os à sociedade através da dança e atividades laborais, bem como restabelece o resgate da valorização do papel social do idoso por meio de seus saberes, expectativas e vivencias relativas à socialização.

Fonte/Foto: Dirceu Leno | Ascom Prefeitura

Subcategorias