Prefeitura de Tocantinópolis instala Centro de Triagem para atendimento a indígenas com sintomas de Covid-19

Prefeitura de Tocantinópolis instala Centro de Triagem para atendimento a indígenas com sintomas de Covid-19

Diante do aumento dos casos de Covid-19, doença provocada pelo coronavírus, no Tocantins, na manhã desta sexta-feira, 8, a Prefeitura de Tocantinópolis, juntamente com as secretarias municipais da Saúde e Educação e Cultura e, em parceria com o Polo Indígena, instalou, no Pré-Escolar Mãe Eduvirgens, um Centro de Triagem exclusivo para atendimento aos indígenas com suspeita ou sintomas da doença.

O prefeito Paulo Gomes (PSD), tomou a seguinte medida visando à organização de fluxo assistencial exclusivo para atenção aos casos suspeitos, em espaço físico adequado e separado para evitar a propagação e transmissão do novo coronavírus.

“O objetivo é reduzir ao máximo as chances desses pacientes infectarem outros que procuram atendimento por causa de outras doenças. O Centro de Triagem contará com equipe de profissionais especializados da Saúde Municipal e da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), que auxiliarão no atendimento e na recuperação dos pacientes”, explicou o prefeito.

O secretário, Jair Aguiar, destaca que os apinajés foram devidamente orientados acerca dos riscos de irem à cidade. Outra medida realizada pela prefeitura, é a entrega de máscaras e insumos para ajudar os nativos no enfrentamento da pandemia. “Temos grande temor pela vida, também, dos nossos irmãos Apinajés. Pois, a contaminação de um único índio poderá acarretar na contaminação de todas as aldeias, dadas as suas peculiaridades e cultura comunitária”, disse o secretário.

Desde que os primeiros casos suspeitos e confirmados surgiram no município, a Prefeitura de Tocantinópolis tem tomado medidas que vão desde operações de capacitação de profissionais, conscientização sobre higienização e medidas de prevenção à criação de estrutura de atendimento e tratamento a pacientes, para que a população esteja amparada durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Fonte: Ascom/PMT


Imprimir   Email