Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Secretaria de Saúde amplia atendimentos odontológicos para pacientes especiais
Início do conteúdo da página

Secretaria de Saúde amplia atendimentos odontológicos para pacientes especiais

Criado: Segunda, 04 de Junho de 2018, 20h29 | Publicado: Segunda, 04 de Junho de 2018, 17h17 | Última atualização em Segunda, 04 de Junho de 2018, 20h30 | Acessos: 140

As pessoas com necessidades especiais constituem uma população heterogênea portadora de grande variedade de deficiências físicas, mentais, neurológicas ou sociais. Sob o ponto de vista odontológico são aqueles indivíduos que necessitam de cuidados especiais. Com objetivo de promover assistência odontológica curativa e de qualidade, a Prefeitura de Tocantinópolis, através da Secretaria Municipal de Saúde ampliou os atendimentos a este público alvo.

Pessoas com paralisia cerebral, distrofia muscular, deficiências mentais, dentre outras que se enquadram-se em um grande grupo que podemos chamar de pacientes especiais, recebem toda quarta-feira, na Unidade Básica de Saúde do Bairro Alto Bonito, atendimentos odontológicos e pediátricos ofertados pelo município de Tocantinópolis.

A pediatra Drª. Luciana Donola comenta que os primeiros atendimentos iniciaram há pelo menos três, quando uma mãe de filhos gêmeos com problemas psiquiátricos, tinha lhe procurado. “As crianças sentiam muitas dores de dente e chegavam a bater com a cabeça na parede. Nisso, a mãe dos gêmeos não conseguia encontrar tratamento e nem mesmo a extração dentária para essas crianças. Ela estava desesperada. E quando eu vi uma das crianças com um hematoma enorme na região frontal, eu fiquei muito comovida com essa história”, relatou.

Diante do exposto, a Drª Luciana resolveu conversar com a dentista Drª Elmar. A partir do relato, elas conseguiram levar as crianças para o Hospital Municipal José Sabóia, onde lá procederam da seguinte forma. “Sedamos de maneira segura que não precisasse entubar a criança. Durante o procedimento, contamos o apoio e o profissionalismo de todos da área da enfermagem e, conseguimos fazer a extração dos dentes das duas crianças. Esse foi o princípio dos atendimentos”, disse.

A pediatra informou ainda que os números de casos aumentaram significativamente após o primeiro atendimento. A parceira continuou com o Dr. Diego Lima, onde este sugeriu que tratássemos os dentes ao invés de extraí-los. Ou seja, na maioria das vezes, como os dentes já estavam comprometidos e não tinha condições de serem tratados, eram extraídos.

Ao ser apresentando o projeto ao secretário, foi dado todo o apoio por parte da Secretaria Municipal de Saúde, e assim ficou estabelecido de serem realizados os procedimentos na Unidade Básica de Saúde do Alto Bonito, onde toda a equipe maravilhosamente acolheu a ideia. A partir de então o projeto foi iniciado, o qual vem sendo realizado com sucesso. “Estamos fazendo a diferença na vida destas crianças especiais. Evitando longas e cansativas viagens à Araguaína e garantindo maior qualidade vida aos pacientes e seus familiares”, disse o secretário de Saúde, Jair Aguiar

Luciana Donola lembra que esses tratamentos fora do município, principalmente na cidade de Araguaína, é uma burocracia para conseguir uma vaga, visto que na maioria das vezes precisam ser feitos vários exames, e até mesmo uma sedação mais profunda. “Aqui fazemos uma sedação mais leve, porém, muito eficiente e de maneira segura. Além dos pacientes especiais, os atendimentos contemplam muitos casos de crianças que não deixam tratar os dentes, aquelas que fazem birra, sentem medo ou ficam nervosas, e que precisam de uma intervenção”, lembrou a pediatra.

Atento ao problema, o cirurgião dentista e responsável pelo atendimento, Dr. Diego Lima de Araújo está participando do projeto com entusiasmo, pois a iniciativa prioriza o atendimento odontológico aos pacientes especiais. “São pacientes que requerem um pouco mais de atenção. Espero que através desse projeto, possamos contribuir para uma melhor qualidade de vida a esses pacientes. Nossa missão é atender a todos, nesse sentido, já estendemos os atendimentos aos alunos da Apae, onde lá realizamos uma triagem e um acompanhamento mais intenso”, ressaltou.

Fonte/Fotos: Dirceu Leno / Ascom Prefeitura

3448594520678018034425606311688036153294848o
3444173220678018134425593665255404562022400o
3436644220678019267758812396088733188227072o
3441429120678018001092277319894367227871232o
3417657920678019134425493010214901273591808o
3434371520678019034425505291859068309209088o

registrado em:
Fim do conteúdo da página