Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Profissionais da Saúde participam de Curso de Acolhimento em Redes de Atenção à Saúde
Início do conteúdo da página

Profissionais da Saúde participam de Curso de Acolhimento em Redes de Atenção à Saúde

Criado: Segunda, 26 de Março de 2018, 22h59 | Publicado: Segunda, 26 de Março de 2018, 22h59 | Última atualização em Segunda, 26 de Março de 2018, 22h59 | Acessos: 122

Foi realizado nos dias 22 e 23 de março, no auditório da Diretoria Regional de Educação, o I Módulo do Curso de Acolhimento em Redes de Atenção à Saúde. A qualificação está sendo realizada pela Secretaria Estadual de Saúde, por meio da Escola Tocantinense do SUS Dr. Gismar Gomes (Etsus) e conta com a parceira da Secretaria Municipal de Saúde de Tocantinópolis.

O Curso de Acolhimento em Redes de Atenção à Saúde, tem o objetivo de implantar o acolhimento com avaliação de riscos e vulnerabilidades e o acolhimento com classificação de risco nas Redes de Atenção à Saúde do SUS no Tocantins, de acordo com a Política Nacional de Humanização.

Além de Tocantinópolis, profissionais da saúde das cidades de Aguiarnópolis, Luzinópolis, Palmeiras e Santa Terezinha do Tocantins integram o treinamento, que consiste todas as unidades de saúde, no âmbito municipal, estadual e/ou Federal (Unidades de Saúde da Família, Núcleos de Apoio à Saúde da Família – NASF, Centro de apoio Psicossocial – CAPS, Hospitais municipais, Hospitais de Referência Estadual e Federal, Unidades de Pronto Atendimento – UPA, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, Hemocentro, Centros de Especialidades, entre outros).

A enfermeira, Rose Mary Aquino, que no ato representa a Escola Técnica do SUS, como tutora e docente do Curso de Acolhimento em Redes em Saúde, destaca que o treinamento se fundamenta na necessidade de implantação do acolhimento com classificação de risco.

“A cidade de Tocantinópolis é um dos polos de aprendizagem, por isso profissionais de outros municípios estão vindo para fazer essa formação junto com a equipe de Tocantinópolis. O curso foi uma demanda dos gestores da CIR (Comissão de Intergestores Regionais) pela necessidade de melhorar o acolhimento, que é a porta de entrada das unidades de saúde”, explica a tutora, Rose Mary.

As turmas estão organizadas na lógica das Regiões de Saúde, na perspectiva de potencializar a comunicação como elo entre os pontos de atenção que compõem as Redes, produzindo um olhar para as necessidades do território, com foco nas Estratégias de Educação Permanente em Saúde e Intervenção no Cotidiano dos Serviços, fomentando assim o extraordinário poder de “fazer” dos trabalhadores do SUS.

“O Curso preconiza que o nosso usuário seja melhor recebido, que tenha melhores respostas e que nós possamos assim atender aos princípios do SUS, que é ter qualidade no nosso atendimento. Classificar, anteder por horário, não deixar as pessoas esperando e organizar a rede de saúde, fazer com que os municípios se conversem com a referência e com a contra referência, afim de que se comuniquem-se melhor”, frisou Rose Mary.

Considerando o número de municípios, bem como a necessidade de contemplar equipes multiprofissionais em cada município, as vagas foram distribuídas de acordo com o número de serviços existentes em cada Município/Região de Saúde. O curso está divido em quatro módulos com 80 horas de aula no final do curso. A cada mês os participantes terão dois dias de aulas. O segundo módulo será em abril, o terceiro no mês de maio, e o quatro em junho.

Como defensora do Sistema Único de Saúde, Rose Mary Aquino diz que é uma satisfação ministrar o curso. “Acredito que os profissionais fazem a diferença. O que falta é organizar o processo de trabalho e esse curso vem para proporcionar isso. A política nacional de humanização na organização do processo de trabalho para que a gente possa oferecer um melhor atendimento a nossa comunidade. É muito bom, gostoso e prazeroso estar aqui. Agradeço ao município de Tocantinópolis pela oportunidade de ceder o espaço para estarmos ofertando esse curso”, finalizou.

Fonte/Fotos: Dirceu Leno / Ascom Prefeitura

143
145
144
146
156
155
154
153
152
151
149
150
148
147

registrado em:
Fim do conteúdo da página