Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Prefeitura de Tocantinópolis reforça importância do enfrentamento ao Aedes aegypti

Notícias

Prefeitura de Tocantinópolis reforça importância do enfrentamento ao Aedes aegypti

publicado: 31/01/2017 00h00 última modificação: 17/04/2017 14h50

O trabalho de combate ao mosquito da dengue, em Tocantinópolis não para. Equipes de Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias realizam periodicamente ações interligadas com o objetivo de eliminar os focos do vetor, bem como conscientizar a população em manter quintais e lotes baldios sempre limpos.

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Coordenação de Vigilância Epidemiológica, tem proposto desde o início deste ano, atividades educativas e integradas visando o combate ao Aedes. “Nossa meta é lutarmos juntos no combate ao mosquito Aedes aegypti, promovendo ações conjuntas de inspeção, bloqueio nas áreas com maior incidência de casos, tratamento com larvicidas e eliminação de focos, assim como orientações quanto a limpeza dos quintais e lotes baldios da cidade”, disse a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Maria Vandecy.

A ideia é manter os ambientes livres do vetor e multiplicar as ações de verificação em todos os locais do município (residências, ruas, escolas, trabalho, igrejas e outras instituições). As ações são direcionadas a gestores, profissionais de saúde, instituições sociais e setores privados para que ajudem a promover hábitos e práticas saudáveis.

Tendo em vista a existência desses agravos em Tocantinópolis, a Coordenação de Vigilância Epidemiológica, destaca a importância do trabalho integrado entre diferentes setores e a importância de atuar em conjunto com as áreas do meio ambiente, desenvolvimento social, Policia Militar e Civil, educação Municipal e Estadual, igrejas, representantes da indústria, dente outros.

“Esse tipo de articulação possibilita a captação de apoio por parte de todos e é fundamental para a promoção da qualidade de vida da nossa população. Entre as ações sugeridas aos profissionais de saúde está a identificação das vulnerabilidades dos territórios junto à comunidade local, a fim de buscar soluções conjuntas”, destaca Vandecy.

Fonte: Dirceu Leno / Ascom Prefeitura