Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Prefeitura de Tocantinópolis não adere ao feriado municipal do 'Dia da Consciência Negra'
Início do conteúdo da página

Prefeitura de Tocantinópolis não adere ao feriado municipal do 'Dia da Consciência Negra'

Criado: Sexta, 17 de Novembro de 2017, 16h41 | Publicado: Sexta, 17 de Novembro de 2017, 16h41 | Última atualização em Quarta, 21 de Março de 2018, 12h30 | Acessos: 121

A Prefeitura Municipal de Tocantinópolis informa que não irá aderir ao feriado municipal em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado nesta segunda-feira, dia 20 de novembro. A data marca a morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, o maior ícone da história dos negros no Brasil.

De acordo com o Governo Municipal, a não adesão se dará pelo fato de que dia 20/11 acontecerá os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), e obviamente, ocorrerão os pagamentos de alguns servidores, fornecedores e demais prestadores de serviços. Nesse sentido, a Prefeitura e demais órgãos afetos à repartição municipal funcionarão normalmente na segunda-feira, próxima.

Um dos motivos pela não adesão é que o feriado inviabilizaria tais demandas a serem cumpridas junto aos seus fornecedores, prestadores de serviços e servidores. Além disso, nesses últimos meses houve-se vários feriados nacionais e estaduais, que consequentemente, resultaram em pontos facultativos, razões pelas quais o Poder Executivo não seguirá a normativa municipal aprovada em 2015.

No entanto, as Escolas Municipais seguirão o calendário escolar previamente estabelecido pela Secretaria Municipal de Educação.

Dia da Consciência Negra

O feriado municipal foi estabelecido pelo Projeto de Lei nº 973/2015, de 15 dezembro de 2015. O dia também entrou no calendário escolar e foi incluído o ensino sobre diversas áreas da história e cultura afro-brasileira. São abordados temas como a luta dos negros no Brasil, cultura negra brasileira, o negro na sociedade nacional, inserção do negro no mercado de trabalho, discriminação, identificação de etnias, etc.

A data de 20 de novembro, foi escolhida em 1695, em referência ao assassinato do líder do Quilombo dos Palmares, Zumbi. A data traz a reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da identidade brasileira. Os povos africanos colaboraram nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos do Brasil.

Fonte/Foto: Dirceu Leno / Ascom Prefeitura

registrado em:
Fim do conteúdo da página